Forte de Tivim / Forte do Meio

Não tenho informações quanto à presente existência desta fortificação. Parece estar em ruínas, como demonstra uma foto que circulava recentemente pela Internet.

As ruínas do Forte de Tivim hoje

História

O forte de S. Tomé de Tivim foi construído em 1681 e o do Meio em 1625. A respeito destas fortificações apresentou o engenheiro Manuel Peres da Silva o seguinte parecer em 1 de Dezembro de 1686: “A fortificação de Tivim é um simples muro comprido, feito em parte da fronteira de Bardez (concelho de O Forte do Meio no século XIXGoa) com umas três pequenas atalaias, a que chamam fortes. Tem um fosso, feito para dividir as Velhas das Novas Conquistas por aquelle lado, o qual não está acabado, mas projectada a sua conclusão, para com ela se comunicarem os rios de Chaporá com o de Bardez (Mandovi).”

No forte denominado de S. Sebastião ou do Meio lia-se sobre
O Forte de Tivim e Cais, ao fundo a Igreja do Coluala porta principal a seguinte inscrição: “REINANDO O CATHOLICO REI DÕ FILLIPE X3X GOVERNANDO ESTE ESTADO O VIGILÃTISSIMO DÕ MIGUEL DE NORONHA CONDE DE LINHARES SE FEZ ESTA OBRA 1635.”

Próximo deste forte está a igreja de Colual, que foi fundada pelos franciscanos em 1591, reconstruída em 1678 e renovada após o incêndio que sofreu na invasão de Sambhaji em 1683.